quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Devaneios de um diferente

Sinto-me a cada badalada mais "diferente do todo"

Com o amadurecimento, sempre achei que seria mais "direito"

Aprenderia a ser o que querem de mim. Afinal é o comum...

Adultos aprendem a receber o que nos jogam a face como verdade

E isso facilita tudo, faz-nos acreditar que não podemos mudar

Trocar o "Se envolver" pelo "Sem volver"... :

-Os jovens que se quiserem pintem as faces

A minha hoje enrugada, rejeita tintas novas...

Mas, engraçadamente (e desgraçadamente em paralelo),

O que me ocorre é o oposto, o inverso, o contraste

Junto com a estatura, me cresceu a grandeza dos sonhos

Penso em um jeito de influenciar mais pessoas...

(Sim, influenciar, e nesse ponto acho, sim, que os fins prevalecem aos meios)

Mas não influenciar a pensar como eu, ou alguma idéia em particular..

INFLUENCIAR A PENSAR*, (pensar* = verbo em extinção hoje em dia)

Jogar pólvora nos ideais da minoria, acender a luz das idéias inóspitas

Ensinar que os sonhos por mais estranhos ou quiméricos que sejam...

Devem prevalecer até que se prove o contrário, ou que morram de velhice...

E não com os tiros de "realidade retrógrada", hoje disparados a deriva

Lutar para que essa ânsia de revolução presente na juventude não se esgote,

Pois nem contra o que revolucionarem eles sabem mais, rsrsrsrs.

Concluindo... sinto-me desavindo, isolado, a margem do grupo preponderante...

...E espero que isso não acabe nunca.

"Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar."

Friedrich Nietzsche

15 comentários:

Bruna disse...

eu tbm espero que nao!

Flávia Diniz. disse...

Olá Lucas...
Quintana é bom demais, né?
Adoro o nome do seu blogg, é uma frase da musica que eu mais gosto dos Los Hermanos..


Beijos e tenha uma boa tarde

Priscila Rôde disse...

Estava com saudades daqui, consegui fugir dela e não hesitei em visitá - lo rsrs
Muito, muito, muito bom o post Lucas!

"Quanto mais nos elevamos,menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar."

Aiiiiii, gostei demais! ;)

Luna Sanchez disse...

E teria, de fato, alguma vantagem em ser diferente disso, e igual a toda a multidão?

Teria não, moço. Acredite.

ℓυηα

Camila Braz disse...

Adorei o post!

Ro disse...

Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar."
Friedrich Nietzsche
E o contrário também acontece. =)
Obrigada pela vizita! adorei seu texto.

clariinha.santana disse...

Realmente, é de se desejar intesamente que esse tipo de coisa não se acabe. Afinal, sendo assim, como diz a minha mãe: `nem tudo está perdido'. Fico feliz em saber que existem pessoas assim ainda e que elas escrevem muito beem (rs).
Um beijão;*

Milena disse...

Olá! passei para visitar o seu blog, voltarei mais vezes!! ótima sexta!!

Dica disse...

Influenciar, ser influenciado..
Fazemso isso a todo tempo, inclusive agora, não percebe?

Vanessa. disse...

Nietzsche. Voemos sempre.

:*

Ava disse...

Lucas tive o cuidado de voltar lá no seu perfil, para verificar a sua idade... Nada encontrei...

Mas pelo que dá para obervar de usa foto, és bastante jovem.

Isso me chamou a atenção. pela profundidade de suas palavras.

Bom ver um jovem assim, tão centrado e preocupado com as mazelas d vida...

Beijos!

Nanda disse...

Que otimo o texto...
Vc escreve beem.... profundooo!
E o nome do blog é perfeito...adoro Los hermanos! =)

beijoo!

Letícia disse...

Concordo que "pensar" é um verbo em extinção hoje em dia =§
Beijoo

A.Carpe disse...

Nossos sonhos crescem a medida que envelhecemos porque simplesmente perdemos o medo de errar. Depois de uma certa idade, já não se tem muito a perder,e descobrimos que ficar parado nunca é uma boa solução.

São os sonhos que movem o mundo ! ( by algum filósofo aê )

Bom dia \o/

tai do nascimento disse...

"Pois nem contra o que revolucionarem eles sabem mais, rsrsrsrs.

Concluindo... sinto-me desavindo, isolado, a margem do grupo preponderante...

...E espero que isso não acabe nunca."


adorei. :)