sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Coisas Velhas - Cada Quarto da Construção

Saio de mim nas noites mais frias
E a outra dimensão sempre é maior
Dublar a mim mesmo sempre é mais fácil
E as falas impostas, já sei de cor.

E o velho papo de máscaras segue sem reciclagens
Sem mudanças, novas premissas ou abordagens
Com filósofos crendo que "elas" são o "poderoso mal"
Com seus livros expostos no Jornal Nacional.

Você é cada pedaço das suas atitudes
Desde as sutis às mais rudes
Você é cada quarto da sua construção
Desde o talvez, o sim, e o não.

15 comentários:

Erica Ferro disse...

"Você é cada pedaço das suas atitudes
Desde as sutis às mais rudes
Você é cada quarto da sua construção
Desde o talvez, o sim, e o não."

Demais!
Adorei.

Beijo.

Dica disse...

Gostei disso:
"Você é cada pedaço das suas atitudes
Desde as sutis às mais rudes"

MUITO!
Suas construções poeticas são sempre muito bem feitas e bem estruturadas.
Mas, imagino que não saiam fáceis. Acho até que demora horas..
Excelente o resultado, rapaz.

;*

Eu, Thiago Assis disse...

você é o que você faz.

:)

Natália disse...

Descreveu a pura realidade. beijos

***MissUniversoPróprio*** disse...

Muito bom.

É verdade, nós nos contruímos a cada pequena atitude, a cada mínimo gesto e palavra pronunciada.

E nem adianta esconder-se sob máscaras, a nossas essência sempre nos trai.

Texto maravilhoso.

Um beijo e obrigada pela visita e comentário lá no blog!

;)

melilly disse...

Como sempre... maravilhoso!

Anna Larissa. disse...

Texto maravilhoso! =)
Adorei!
Obrigada pela visita, rsrs
beijos!

Andrea Carolino disse...

Vc realmente acha que driblar a si próprio é mais fácil?

Penso exatamente o oposto!
o.O

Thaisa Schelles disse...

Realmente a gente constroi cada pedacinho de nós mesmos!
adorei!!!

;**

Kristina Mendonça disse...

Sem palavras! Tu disseste tudo ;}

Flórence disse...

Obrigada, nao lembro de vc no meu bloginho, mas prazer em conhecer e se quiser ficar seja bem vindo.

Maria Eduarda Luna disse...

"E o velho papo de máscaras segue sem reciclagens
Sem mudanças, novas premissas ou abordagens". Tudo!

-

Muito bom o blog. Tu escreves muito bem :) Beijão!

- Thaís . disse...

´Você é cada pedaço das suas atitudes
Desde as sutis às mais rudes
Você é cada quarto da sua construção
Desde o talvez, o sim, e o não.`

Tu planeja ideais e constrói realidades como ninguém, moço.

Um beijo.

Clarissa Guerra disse...

Esse último trecho está lindo. Lindo e verdadeiro.
adorei!

Lucas Lima disse...

pois ser é tão difícil, rrsrs
bons dias