segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Coisas Velhas - Romântico Atlântico

Passa o tempo, o tempo para, para o vento e aqui dentro não sara.

Continuo, eu, sendo o sarcasmo de um "romântico sem coração".

E qual o sentido do romantismo sem a peça da contradição?

Se um sentimento sozinho é uma utopia sem caminho.

Se meu classicismo não renasce, se sôfrego seguir sozinho.

Se a razão do estado afetivo ultrapassa um pacífico romântico,

Desprezo os índicos, os frios e os vermelhos, e hei de ser o atlântico.

30 comentários:

Anitha disse...

Fez-me pensar num "romantico sem coração"...
Boa semana pra vc!

Priscila disse...

Lucas, sempre superando minhas expectativas! Que belo! Amei, me levou pro passado, sabia? rs
Aposto que colocará todas essas obras em um livro e eu sem sombra de dúvidas vou querer um dos primeiros.. rs Certo?

Beijos, Querido! Saudades de conversar com você. O tempo não deixa!

Kristina Mendonça disse...

Acho que não há nada sem contradição. Somos tão perdidos como as àguas do altântico, se não mais... Belíssimo texto . Bom dia ;}

Pequena Poetiza disse...

adorei essa sua invençãod e romântico atlântico

beijos

Gabi Petrucci disse...

Cara, você se supera! Fato.
Mas é isso mesmo... todos sentimentos têm suas constradições, qual seria a graça de sentir e ter plena certeza? :D

Fran disse...

'um romântico sem coração'
Como funciona isso? :)
Achei lindo, lindo e um tanto contraditório :)

Beeijos meu São Paulino predileto!
[/não resisti a piadinha] :D

Aline V. disse...

mas ainda sim o tempo é o melhor cicatrizante...rs

beijinhos

Natália Ferreira disse...

espero nao ser o atlantico(perfeito beijao

Erica Ferro disse...

Ah, Lucas...
És um poeta, um poeta de verdade, que nos encanta a cada postagem nova.
Me delicio com teus textos e chego a suspirar.
É sempre um presente vir aqui, acredite.

Beijo grande.

Mariana Andrade. disse...

as lágrimas endurecidas (acabei de postar sobre) acabara, de cair. obrigada por permitir isso (': lindo texto.

Andrea Carolino disse...

"Passa o tempo, o tempo para, para o vento e aqui dentro não sara."

Aqui, não sara tbm!
=/

Mas um romântico sem coração há de incontrar um insensivel sentimental em uma dessas ruas da vida.

Jééh disse...

me fez lembrar a letra de uma musica que ouvir essa semana, aliáis ouço sempre, mas o titulo e musica me fugiram agora quando eu recordar volto aqui ^^

mais é isso ai mesmo, até pra sermos bons precisamos de alguém pra isso, do mesmo modo pra sermos ruins, aamei o texto *-* :*
boa noite ^^

Noemyr disse...

"E qual o sentido do romantismo sem a peça da contradição?"
Boa pergunta... Eu não consigo responder :(
Bjs
Bons dias!!!!

Bia Monteiro disse...

Romantismo a flor da pele...
Sensacional Lucas...
Bjoo
=D

Luna Gandra # disse...

Essa expressão "romântico sem coração" vou colocar em meu hall.
Amei!

Áires Cássia disse...

Muito bom seu texto...acalma a alma e o coração.
Boa semana pra vc.
Beijos

Natacia Araújo disse...

haha Em cada verso que fui lendo, me veio a cabeça a sensação de estar diante de um palco.
Lucas, um dos meus poetas favoritos na atualidade!

Ágatha Alves disse...

nossa que lindo.
"E qual o sentido do romantismo sem a peça da contradição?"
é o que sempre me pergunto..

beijos

sonho disse...

Todos nós temos contradições...mudamos de ideias...
Beijo de um anjo

Katrina disse...

Sorrio para o pacífico

Natália Corrêa disse...

Seja!
E encontre seu coração nesse oceano... :D

Hosana Lemos disse...

vc deveria fazer um livro!
;)
[vc ja deve ter escutado milhões de vezews isso, mas...]
:P

^^

bjos

Maryama* disse...

Romântico sem coração.
Talvez eu conheça pessoas assim, sem nunca pensar nesse sútil termo de definição.
Gostei muito.
Estou te seguindo ;*

Gabriele Miquelitto disse...

Adorei o texto, o blog.
Me encontrei aqui.

Obrigada pelo comentário!

P.s.: tô te seguindo.

=*

Ana Seerig disse...

Passei aqui pra te agradecer a visita e me deparo com tão poucas palavras que dizem tanta coisa. Muito bom, parabéns!

Nayara .NY disse...

Do lado de dentro, com um coração fechado, tudo é possível, tudo é vago, seja seu mar, seja uma vela, seja sem razão, apenas continue sendo e escrevendo assim!


Volto aos poucos para não cansar os olhos de vocês...

Bjos

Priscy Little disse...

Ser a capa e ser contra capa, é a beleza da contradição, assim como ser um romantico sem coração.

Francimare Araújo disse...

Romântico sem coração, você?

Lindo, lindo!

Daniela Filipini disse...

Um dia eu já fui uma "romantica sem coração" e admito que é bem melhor ser assim, como sou agora! =)

Lih...Amarante disse...

me fascina esse método 'dizer e não dizer' nos textos.
Gosto dos textos com doses carregadas de subjetividade.
Eles sempre despertam uma curiosidade no leitor.