quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Sem vírgulas (Porém abusando das reticências)

A consciência humana é mais pura poesia...

Que traduz o resultado da pele... dos poros...

Traduz em roteiros... idéias

Converte em idéias... roteiros

Que diferencia o ser humano do que o rodeia...

Pensar... medir complexidades... pesar escolhas

Isso é a mágica de ser quem somos

E isso é presenteado a cada um de nós

Mais pobres... menos... mais altos... menos

A pobreza real é a de se deixar levar...

Num impor opinião que valha

Não dizer a vida e a seus caminhos

Nem que por vezes espaçadas

- EU ESTOU AQUI...

E a altura que mais importa é a abstrata

É a que nos faz grandes sem reservas...

sem mesmo que caibamos em... nós

é ser sem vírgulas... sem barreiras... sem limites

É SER... e ponto final.

16 comentários:

Ju Fuzetto disse...

Oi Lucas!!!

A reticências é minha melhor amiga rsrs!!


abraço!!
Belo texto

Priscila Rôde disse...

Adorei!
Somos reticências!
Ser é pra poucos...


Um beijo, Lucas.

Erica Ferro disse...

"Somos reticências!
Ser é pra poucos..." [2]

Realmente!

Beijo, Lucas.

Tatiane Trajano disse...

E que sejamos então!

Kristina Mendonça disse...

Sem medo de expôs as 'medições', mesmo que sejam críticas. Boa análise do pensar e agir humano .
Até ;}

Juliana Marques. disse...

vírgulas são como pausas. reticências nos freiam, mas ainda sim, nos permitem continuar a andar.

boas noites :)

Hosana Lemos disse...

é 'ser' apena, sem deficições, sem quisitos..


adorei!
*-*

Pipa. A que sonha. disse...

Então vamos colocar reticências no pensamento


(...)

E não acredite em uma só palavra que a realidade diz.

Profundo o post.

Abraço

naty c.m disse...

Quem dera termos orgulho de quem somos. Melhor, merecermos tal admiração interior.

Belo texto!! :**

Natacia Araújo disse...

Também prefiro reticencias ao invés de ponto final. Assim, a gente sempre abre espaço pra terminar de uma melhor forma.
Perfeito Lucas!

Madame Morte disse...

Reticências são de certo mais interessantes que pontos finais.

Reticência.
Paciência...

Fran disse...

Quando Somos não precisamos ser dentro de limites, ou vírgulas. E isso é um dos nossos defeitos, da humanidade: ser no limite dos outros.

Beeijos!

Rafaelle Melo disse...

Gostei muito, e ponto final.

Pequena Poetiza disse...

lindíssimo

beijos

Flávia Diniz. disse...

hahahahahahaha
era um doido, né???
mas eu adorooo

beijos, querido

Letici Mabiane disse...

Deixei uma missão cretina para a sua pessoa. Passa lá =)

http://leticimabiane.blogspot.com/2010/05/meme.html -


PS: ameei seu blooog! =)



Beeeeeeijos